Atenção

Fechar

CBCA

Escritório Lufthansa / AFGR Arquitetos

13/08/2020 | Notícia | ArchDaily
Escritório Lufthansa

© Mariana Orsi

Conceito e Concorrência

Recebemos um briefing bastante completo para participar da concorrência de projeto e obra da nova sede da cia aérea Lufthansa no Brasil. Para ganharmos a concorrência conceituamos nosso projeto em cinco pilares: setorização do espaço, uso de áreas open space somente nos locais adequados, utilização de espaços flexíveis, aproveitamento da volumetria proporcionada pelo do pé direito duplo e uso de materiais com linguagem industrial.

Setorização e Open Space

A setorização dos espaços foi fundamental para o desenvolvimento do projeto, ela ajudou a definir onde utilizaríamos o conceito open space e onde teríamos espaços mais fechados. Como a empresa alugou as quatro salas do andar, pudemos unificar toda a laje, porém a recepção e hall dos elevadores acabou dividindo todo o escritório.
Definimos as áreas financeiro, administrativa e de recursos humanos ao lado esquerdo da planta. Ali não trabalhamos com conceito aberto, pois este não era o perfil dos colaboradores desta função. Separadas pelas salas de dois gerentes, alocamos o marketing, este em conceito aberto.

Ao lado direito está toda a área de vendas e convívio do escritório, ambas aceitam o conceito aberto. A ideia de colocar o convívio neste local foi para deixa-lo próximo da sacada existente, sendo possível integrar todos estes espaços em caso de confraternização. O mezanino foi destinado às salas de reuniões, vestiário e também a um setor específico da companhia chamado Lufthansa Systems.

Espaços Flexíveis

Talvez o traço mais da flexibilização das áreas do projeto seja a arquibancada. Ela serve ao convívio diário, pode ser usada em caso de confraternizações, em treinamentos e também no trabalho diário. Eliminamos todas as escadas (eram quatro!) e agregamos uma ao seu lado esquerdo, portanto ela também faz a circulação vertical.

Duas das salas de reuniões podem se transformar em único espaço, basta recolher a divisória retrátil e alterar a configuração do mobiliário pois as mesas e as cadeiras são rebatíveis.
Todas as cadeiras dos colaboradores são iguais, facilitando possíveis alterações de layout. Há ainda uma mesa para quatro posições flexíveis que são utilizadas por funcionários externos ou para um bate papo informal.

Volumetria e Pé Direito Duplo

Um dos pontos mais fortes do projeto foi explorar o espaço aéreo, aproveitando toda a volumetria do ambiente que possui pé direito duplo.
Procuramos criar caixas que determinassem bem os espaços: projetamos as caixas das salas de reuniões no mezanino, outra caixa que é o seu foyer, as que compõe as salas dos diretores no andar inferior e as salas dos gerentes.
Quase todo o teto superior está exposto e pintado em um tom de azul no Pantone da marca da empresa. Instalações e dutos também foram pintados na mesma cor, reforçando o conceito.

Materialidade

Todo o projeto possui linguagem industrial. Instalações à mostra, áreas sem forro, uso de chapas metálicas, concreto e materiais em estado bruto. Procuramos nos inspirar no ramo de atividade da empresa, com materiais que lembram a fuselagem de um avião ou tem características de um hangar.

Na sala dos gerentes do marketing e em alguns pontos do mezanino instalamos chapas metálicas para simular o efeito de um container, indo no mesmo mote de inspiração do setor aéreo.
A circulação foi demarcada no piso através de piso vinílico cimentício. As áreas de trabalho receberam carpete que tanto servem ao conforto do funcionário como também lembram às pessoas que estes espaços demandam mais silêncio.

Recepção

Na recepção da Lufthansa optamos por deixar o teto parcialmente exposto, rebatendo seu formato no carpete que delimita a área da espera. Para demarcar o balcão foram instalados pendentes redondos em série, que orientam o visitante chamando a atenção para o local onde ele será atendido. Este móvel possui formato semelhante a uma asa, remetendo ao ramo de atuação da empresa mas sem ser óbvio demais. Atrás da recepção instalamos um acabamento em chapa perfurada, em contraste com o revestimento em placas de concreto. A chapa oculta o acesso a um depósito de materiais que a recepcionista precisa ter fácil acesso.

Arquibancada

Um dos principais itens do briefing da Lufthansa. Foi construída em estrutura metálica, com fechamentos em placa cimentícia e revestida com piso vinílico, ela se tornou um sucesso instantâneo entre os colaboradores da empresa.
Alternamos algumas almofadas para que seu desenho ficasse ainda mais interessante. Destacamos a escada com piso vinílico preto, em contraste ao piso tom de madeira do restante da estrutura. Sob ela há um grande depósito.

Veja a matéria na íntegra.

Todas as Notícias

Confira também

Não é cadastrado?

Faça agora seu cadastro no site do CBCA e tenha acesso a conteúdos exclusivos e inscrições online. O cadastro no site do CBCA é gratuito, simples e rápido.

QUERO ME CADASTRAR

INDIQUE

Obrigado!
Sua indicação de conteúdo foi enviada com sucesso.