Atenção

Fechar

CBCA

Varandas em aço agregam valor aos imóveis

09/07/2020 | Notícia | Revista Arquitetura & Aço

Anexar varandas em aço nos edifícios construídos já é mais do que uma tendência. É uma oportunidade de valorização do imóvel. Além disso, elas tornam sempre o ambiente mais agradável. Este tipo de retrofit oferece sensação de amplitude de espaço, sensação de conforto, amplia a área para realização de eventos sociais e gera muito valor agregado ao dia a dia das pessoas.

A construção industrializada em aço está entre os principais sistemas construtivos de varandas nos prédios antigos. “É um sistema que vence maiores vãos, com peças mais esbeltas, e muitas vezes isso é um fator importante na realização do projeto”, afirma Paula Sertório, arquiteta associada da PAX Arquitetura.

Nesta entrevista exclusiva, a especialista enaltece o uso da construção metálica e explica os processos da construção de uma varanda. Boa leitura!

Foto: PAX Arquitetura

A&A - Acrescentar varandas em edifícios já construídos está se tornando uma espécie de objeto de desejo. O que os proprietários ganham com isso?

Paula Sertório - O ganho mais objetivo e direto que se tem é a valorização do metro quadrado do apartamento, considerando que a valorização se aplicará a área existente somada a área de varanda a ser construída. Mas os benefícios vão além de relações financeiras. A varanda proporciona um ambiente de respiro para o apartamento que é um sistema de moradia carente de área externa. Em um momento como o que estamos vivendo, onde as pessoas obrigatoriamente ficam em casa por muitas horas, a percepção desse valor é mais clara.

Qual a importância das varandas para a arquitetura brasileira?

Nossa cultura e clima favorecem a sociabilidade em áreas abertas. As varandas servem como elemento que enfatiza e proporciona momentos sociais, desfrutando de uma área “externa” dentro de apartamentos.

Qualquer edifício pode receber varandas, mesmo após décadas de sua construção?

A princípio sim, desde que seja avaliada a estrutura original do edifício e calculadas as adequações necessárias para tal implementação. Além disso, a legislação da cidade onde se encontra o edifício deve ser analisada para saber se as áreas pretendidas podem ser atendidas. Existe uma relação de percentual possível de construção relacionado ao terreno, recuos mínimos que devem ser respeitados, áreas adequadas ao canteiro de obra, entre outras questões que podem inviabilizar a implementação de varandas, as quais são específicas de cada caso.

Entre os principais sistemas construtivos está a utilização do aço. Quais são as vantagens das varandas edificadas com esse material?

Estruturas de aço favorecem uma obra limpa e eficiente, fatores fundamentais para essa situação em que a obra é feita com os condôminos residindo no edifício. O aço também é um material que vence maiores vãos com peças mais esbeltas e muitas vezes isso é um fator importante na realização do projeto.

Quando as sacadas utilizam aço, elas ficam prontas mais rápido?

O sistema construtivo em aço é eficiente por muitos motivos. As peças são planejadas de acordo com o projeto e chegam prontas na obra para montagem, as quais em geral são parafusadas, o que também agiliza o processo. Essas características conferem um canteiro de obra mais limpo e organizado, o que também implica no tempo de obra.

Como as estruturas são projetadas e construídas?

Existe a necessidade de um estudo prévio para a análise estrutural do edifício existente, avaliando se a antiga estrutura suporta alguma carga nova ou se é necessário projetar uma estrutura inteiramente independente.

Como é o planejamento da obra?

Por se tratar de um sistema construtivo pré-fabricado, o planejamento é muito favorecido por necessidades pré-determinadas, conforme mencionado em relação ao modelo BIM.

O planejamento de uma obra em estrutura metálica consegue prever o espaço necessário para armazenar as peças, que são montadas de acordo com um cronograma também pré estabelecido. Isso garante maior precisão no tempo previsto para obra e consequente custo.

Nesses moldes, qual o tempo que uma obra costuma demorar para ser concluída?

São muitos fatores que influenciam o tempo de uma obra. O aço se apresenta como um material extremamente favorável à agilidade da obra, porém os detalhes de projeto, a área construída, as condições do edifício para receber a obra, a disponibilidade de espaço adequado ao canteiro, e a equipe prevista para execução da obra são fatores que nos impedem de estabelecer um tempo médio.

O Rio Novo, projeto que temos como exemplo em nosso portfólio, é um edifício de 17 andares, dois apartamentos por andar, onde foram implantadas varandas de 40 metros quadrados para cada apartamento e a obra teve duração de 12 meses.

Veja a matéria na íntegra na nova edição da revista Arquitetura & Aço.

Todas as Notícias

Confira também

Não é cadastrado?

Faça agora seu cadastro no site do CBCA e tenha acesso a conteúdos exclusivos e inscrições online. O cadastro no site do CBCA é gratuito, simples e rápido.

QUERO ME CADASTRAR

INDIQUE

Obrigado!
Sua indicação de conteúdo foi enviada com sucesso.