Atenção

Fechar

CBCA

Avaliação dos Empreendimentos Habitacionais segundo a Norma de Desempenho

19/01/2016 | Notícia | Revista Congresso Latinoamericano Steel Frame - 2015

O parafuso que sobrou aqui, não pode ser usado alí. Os materiais usados no Light Steel Frame têm de ser usados rigorosamente dentro das normas para impedir riscos que comprometam o tempo de vida útil das construções. A lição é da engenheira civil Vera Femandes Hachich. "Os empreendimentos em Ligth Steel Framing obedecem normas de desempenho que estabelecem seis partes, cada uma tratando de um critério específico, como segurança estrutural ou segurança ao fogo. Os elementos dentro do sistema têm que atender a regulamentos específicos. Então, para cada sistema construtivo é necessário avaliar o desempenho estrutural na segurança contra incêndio, estanqueidade à água, desempenho térmico e acústico, além da durabilidade e condições de manutenção" - diz a engenheira da Tesis - Tecnologia de Sistemas em Engenharia.

"É básico ter em mente que o conjunto do edifício precisa atender a uma série de exigências, que muitas vezes já contam com procedimentos de ensaio, simulações que avaliam a capacidade de atendimento à norma de desempenho. Outras vezes não: "Nestes casos, precisamos estudar uma documentação mais ampla, nos valer de teses de doutorado, normas e diretrizes de outros países, para poder estabelecer quais são os métodos de avaliação. Dentro do sistema Steel Frame, temos os perfis metálicos, os selantes, a massas para juntas, revestimentos, chapas de OS13, absorventes acústicos e térmicos, a barreira impermeável, os parafusos e algumas outras situações, como por exemplo, os sistemas hidrosanitários e elétricos, que não são componentes do sistema construtivo, mas vão interagir. Quando tratamos dos perfis, falamos de resistência mínima, de escoamento, de proteção contra corrosão", esclareceu a engenheira, durante o O Congresso Latino-Americano de Steel Frame, realizado em maio este ano.

A lição dos parafusos: "Uma chapa de vedação fixada na fachada de um sistema Steel Framing é, naturalmente, elemento de composição da parede, que tem função estrutural. Isso exige, então, que o parafuso de fixação esteja definido com uma resistência à corrosão que não é exatamente a mesma da chapa de drywall numa parede interna, sem função estrutural. No Brasil ainda há uma tendência de utilizar o mesmo parafuso para as duas situações, mas isso significa fator de risco. A parede externa vai receber radiação solar e umidade e a resistência à corrosão dos parafusos tem de ser maior. Isso precisa ser respeitado. As configurações geométricas são diferentes."

Para definir essas configurações das paredes de Drywall, testes e ensaios são feitos em laboratório. São testadas a resistência à radiação ultravioleta e a medida de envelhecimento simulado. Mas existem as questões da carga dinâmica, cargas suspensas estáticas, carga de impacto de corpo mole, de corpo duro. Tudo feito numa parede construída para ensaios, utilizando os mesmos componentes que estão dentro da edificação. Quanto ao fogo, explica a engenheira Vera Hachich, existem dois critérios considerados: resistência e reação: "resistênda ao fogo é a capacidade de a parede suportar uma situação de incêndio, sem que haja falência dessa parede, ou seja, eu estou falando de parede mas posso falar de piso, de cobertura, qualquer parte do sistema permitindo que as pessoas possam fugir. Num fomo do IPT-Instituto de Pesquisas Tecnológicas -você pode medir com termopares as temperaturas e ver se a parede montada vai apresentar fissuras ou se ela vai se romper. Já num ensaio de reação, mede-se a densidade ótica de fumaça que não permite as pessoas enxergarem ou que a toxicidade dessa fumaça seja de tal ordem que a pessoa se envenene antes de conseguir fugir do fogo."

O desempenho acústico do Ligth Steel Framing também é dimensionado em laboratório, conforme o material utilizado, nos pisos, por exemplo. O mesmo ocorre em relação à estanqueidade, com base nas variáveis das regiões brasileiras. No extremo Chuí, oeste do Paraná e sul do Mato Grosso temos velocidade de vento mais alta. Como a pressão de ar e água são menores ou maiores, precisamos ensaiar o sistema nas diversas condições. A engenheira da Tesis finaliza: "o simulado usa um software que é o Energiplus e a interpretação fornece dados sobre a durabilidade dos componentes, dos parafusos dos perfis e assim por diante. Pode-se projetar para uma vida útil de 50 anos. Neste caso você vai pegar a situação mais critica e fazer com que a avaliação seja feita de forma a atender a vida útil para a situação mais critica", enfatizou a engenheira Vera.

Todas as Notícias

Confira também

Não é cadastrado?

Faça agora seu cadastro no site do CBCA e tenha acesso a conteúdos exclusivos e inscrições online. O cadastro no site do CBCA é gratuito, simples e rápido.

QUERO ME CADASTRAR

INDIQUE

Obrigado!
Sua indicação de conteúdo foi enviada com sucesso.